08 Dicas para atingir a alta performance na logística

A alta performance é uma das principais ferramentas que as empresas podem ter para se destacar em um mercado competitivo. Para empresas de logística é sinônimo de: entrega rápida, sem erros e atendimento eficiente.

Mas como atingir a alta performance no setor logístico? Iremos responder essa pergunta ao longo da publicação, através de 08 dicas infalíveis. Vamos começar essa jornada de busca pela excelência?

O que é a alta performance na logística?

Alta performance é um conceito um tanto quanto amplo. É usado para descrever um desempenho superior, associado à agilidade, eficiência e resultados de alta qualidade.

Durante muito tempo, a logística foi vista pelos gestores como uma área meramente operacional. Entretanto, com o aumento da competitividade, foi ganhando ares cada vez mais estratégicos.

No mercado atual, mais do que fornecer mercadorias de qualidade é preciso garantir que a entrega será realizada com eficiência. Por isso, a alta performance da logística se tornou prioridade nas companhias.

Podemos definir esse conceito como o estado em que os processos são executados de maneira eficiente, eficaz e ágil, garantindo a satisfação dos clientes, a maximização dos lucros e a minimização dos custos.

Isso é alcançado através da implementação de práticas e tecnologias avançadas de gerenciamento de estoques, planejamento de transporte, gestão da cadeia de suprimentos e outros aspectos relacionados ao setor.

Ações práticas para atingir a alta performance na logística

Agora que explicamos o que exatamente significa a alta performance na logística, veja 08 ações práticas para alcançá-la.

1. Fazer uma análise inicial da operação

Comece com uma análise da operação, assim terá um direcionamento para as ações seguintes. Quanto mais completa e honesta for essa avaliação, mais você será capaz de otimizar os processos e alcançar a alta performance.

2. Otimizar processos

É importante identificar pontos fracos na operação e trabalhar para corrigi-los, garantindo uma logística mais eficiente. Isso pode ser feito através de iniciativas como:

  • Coletar e analisar dados sobre a operação;
  • Identificar pontos que precisam de alterações e agir para aplicar as mudanças necessárias;
  • Ter um planejamento estratégico e alinhado com os objetivos da empresa;
  • Automatizar etapas repetitivas, encaminhando os colaboradores para atividades estratégicas.
 
3. Investir no treinamento e desenvolvimento dos funcionários

O treinamento e o desenvolvimento constantes dos funcionários são fundamentais para garantir a alta performance na logística, pois eles são a peça-chave das operações.

Isso inclui tanto treinamentos para a equipe interna quanto para os motoristas, que são os responsáveis por levar as mercadorias até os clientes. Inclusive, a forma com a qual os veículos da empresa são conduzidos influenciam na eficiência da operação e na imagem transmitida pela marca nas vias públicas.

Como estamos falando de alta performance, além de alcançá-la é preciso transmitir isso aos consumidores. Então, é importante pensar também nas ações com impacto direto no relacionamento entre a empresa e os clientes.

4. Manter a flexibilidade e a capacidade de adaptação

Mudanças sempre fizeram parte da trajetória das empresas, mas nos últimos anos a velocidade com que elas acontecem foi acelerada. Por essa razão, a capacidade de se adaptar rapidamente é importante para garantir a alta performance na logística.

É imprescindível ter uma estrutura preparada para a adaptação, o que inclui desde a mentalidade do gestor e da equipe, até as ferramentas utilizadas. Quanto mais rapidamente a adaptação acontecer, mais a companhia irá se desenvolver e se destacar.

5. Contar com a colaboração dos parceiros de negócios

Nenhuma empresa consegue alcançar as suas metas sozinha. Afinal de contas, por mais que a maior parte da responsabilidade seja dela, é preciso contar com a colaboração de fornecedores, transportadores e outros parceiros.

Para isso, é importante prezar por relacionamentos duradouros, marcados pela transparência e pelo comprometimento com prazos. Agindo assim, aumentam-se as chances de receber esse mesmo comportamento dos empreendimentos parceiros.

6. Realizar monitoramento e avaliações continuamente

O que não pode ser medido, não pode ser gerenciado. Essa é uma citação atribuída ao estatístico William Edwards Deming que deve ser levada a sério pelas empresas para alcançar a alta performance na logística e em todos os outros setores.

É preciso monitorar e avaliar constantemente a operação para identificar áreas de melhoria e implementar soluções para corrigi-las. Através do monitoramento do processo de entregas, por exemplo, é possível:

  • Verificar se os prazos estão sendo cumpridos;
  • Identificar problemas em potencial;
  • Ter informações em tempo real sobre as ocorrências apontadas pelos motoristas que estão em campo;
  • Identificar quais são os motoristas com o melhor desempenho.
 
7. Ter um plano de contingência

Se aprendemos alguma coisa com a pandemia, é que as coisas nem sempre acontecem conforme o planejado. As companhias com melhor desempenho durante esse período foram aquelas que se prepararam para os piores cenários e já possuíam estratégias para colocar em prática em caso de necessidade.

Ter um plano de contingência não é útil apenas em situações drásticas como uma pandemia, mas também em momentos que envolvam perda ou atrasos de fornecedores, falta de mão de obra especializada, aumento da concorrência, crises econômicas etc.

O preparo para lidar com cenários desafiadores ajuda a reduzir o tempo de resposta, além dos possíveis riscos e prejuízos. Portanto, se sua empresa ainda não tem um planejamento para crises é importante começar a pensar no assunto.

8. Utilizar tecnologias avançadas

Não dá para falar em alta performance sem mencionar a tecnologia, afinal, através das ferramentas certas, os processos podem se tornar muito mais eficientes. Assim é possível:

  • Automatizar e otimizar processos;
  • Aumentar a eficiência;
  • Reduzir erros e desperdícios;
  • Aumentar a visibilidade e a transparência dos processos;
  • Melhorar a satisfação dos clientes;
  • Aumentar a competitividade da empresa.
 

Algumas tecnologias importantes na logística incluem sistemas de gerenciamento de estoques, gestão de entregas, inteligência artificial, análise de dados, entre outras.

Conclusão

A alta performance na logística é crucial para o sucesso de uma empresa, pois permite que os produtos sejam entregues aos clientes de forma rápida, eficiente e confiável.

A tecnologia desempenha um papel fundamental nesse sentido, ajudando a automatizar e otimizar processos, melhorar a visibilidade e a transparência, aumentar a eficiência, além de reduzir erros e desperdícios.

É importante, também, ter uma equipe altamente capacitada e processos bem estabelecidos, a fim de garantir a continuidade e a escalabilidade.

Gostou do post de hoje? Então, continue acompanhando nosso blog, siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de mais conteúdos como este.

Entre em contato conosco 📞 (35) 3421-4657 ou 📲 (35) 9 9819-9092 e conheça nossas soluções em logística.

Compartilhe

Deixe um comentário