7 Erros logísticos que fazem sua empresa perder dinheiro

A operação logística engloba uma série de atividades que, quando bem conduzidas, conseguem gerar valor e lucratividade ao negócio. Isso se reflete diretamente no valor final dos produtos, uma vez que quanto mais eficientes os processos, menores são as chances de erros logísticos e, consequentemente, de custos adicionais.

Assim, o setor logístico é capaz de reduzir os custos, melhorar prazos de entrega, elevar a produtividade, gerar oportunidades de negócios e fidelizar clientes. No entanto, isso só é possível quando o sistema funciona de maneira adequada.

Neste post vamos apresentar os 7 erros mais comuns na logística e o que você deve fazer para evitá-los e garantir que sua empresa alcance a excelência.

1. Falta de controle de estoque

Não existe nenhum outro motivo que justifique um estoque cheio a não ser quando sua demanda estiver alta, caso contrário, isso significa que você não está fazendo um bom controle de estoque e pode ter problemas.

Então, para que você possa evitar esse que é um dos principais erros logísticos, vai precisar acompanhar de perto e fazer uma análise da quantidade de produtos que você precisa ter em estoque, comparado com a saída destes produtos.

Mas, quando você for fazer o seu controle de estoque, tenha sempre em mente as sazonalidades que podem interferir nas demandas da empresa, como datas festivas como Natal, Dia das Mães, Black Friday, entre outras.

 2. Fazer uso de processos manuais

Investir em um sistema de software é fundamental para sua empresa, independente do tamanho dela. Eles são formas altamente seguras e eficazes de evitar erros logísticos e fraudes.

Isso ocorre porque os procedimentos manuais além de terem maior chance de serem imprecisos, levam mais tempo na execução.

Assim, fazer uso de tecnologia no seu negócio, vai te proporcionar um maior aproveitamento do tempo e garantias de ter informações precisas sempre à mão.

 3. Não investir em mão de obra qualificada

O mercado considera a falta de mão de obra qualificada um dos maiores problemas enfrentados pelas empresas.

Então, sempre invista nos seus funcionários, promova cursos de qualificação na empresa, palestras, entre outras coisas que faça o seu funcionário se manter motivado a aprender e a usar este conhecimento na sua empresa.

Isso vai ajudar sua empresa a estar mais preparada para a competitividade do mercado, além de poder oferecer um melhor serviço para os seus clientes.

Dessa forma, quando sua empresa precisar expandir, você já terá pessoas qualificadas para ocupar cargos mais altos e não vai precisar perder tempo e nem dinheiro procurando por profissionais no mercado.

4. Não acompanhar as métricas de desempenho

O que vai avaliar quantitativamente a performance da sua empresa e ajudar a evitar erros logísticos críticos, são os KPIs e as métricas.

Com esses indicadores você consegue mensurar se os processos logísticos da empresa estão dando certo.

Esses indicadores vão te auxiliar na hora que você tiver que tomar alguma decisão, afinal eles permitem que você consiga fazer análises mais assertivas.

Esses instrumentos também podem ser utilizados para averiguar a qualidade dos serviços prestados e com o resultado corrigir aquilo que não esteja sendo positivo para a empresa.

Alguns exemplos de KPIs de logística são:

  • Taxa de dificuldade de entrega;
  • Tempo de processamento e de carga e descarga;
  • Entregas no prazo.
 
 5. Não se atualizar sobre o mercado logístico

O mercado está em constante atualização, então é fundamental que você se mantenha informado.

Hoje, você já encontra muitas iniciativas inovadoras no mercado de logística, como o uso de automação de dados, da telemetria, dos centros de distribuição, entre outras.

Uma forma de ficar por dentro das inovações do setor, é investir em cursos de logística para os seus funcionários e participar de eventos de logística.

6. Não ter noção sobre quais são os custos logísticos

É fundamental que a empresa saiba quanto ela gasta com cada fornecedor, matéria-prima, produto, software, entre outros.

Por acaso você tem noção de quanto gasta com os custos embutidos no preço do frete? Sabe exatamente qual a quantia que vai para arrecadação, para o pedágio e quanto fica para a transportadora?

Se você não tiver tudo isso muito claro, sua empresa vai perder a oportunidade de otimizar custos e vai acabar perdendo dinheiro.

 7. Não investir em terceirizar a logística da sua empresa

Terceirizar a logística da sua empresa é uma das principais formas de diminuir, e muito, as suas dores de cabeça por conta de erros logísticos.

Escolher um bom operador logístico é a peça chave para quem quer ter uma logística eficiente e com o mínimo de erros possível. E ela precisa estar alinhada com os objetivos da sua empresa.

Você precisa entender se quer reduzir os custos com o frete (independente do prazo de entrega), se quer ter um atendimento impecável, etc.

Primeiro você precisa identificar qual é o seu foco e depois procurar por um parceiro que seja ideal para o seu negócio.

Pensou em terceirizar? Conte com a Único Logística, entre em contato conosco 📞 (35) 3421-4657 ou 📲 (35) 9 9819-9092 e conheça nossas soluções.

Gostou do post de hoje? Então, continue acompanhando nosso blog, siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de mais conteúdos como este.

Compartilhe

Deixe um comentário