Conheça os maiores gargalos na logística do Brasil e saiba como solucionar

O crescimento do setor logístico brasileiro é inegável, especialmente após o período pandêmico mundial, responsável pelo aumento dos e-commerces que demandaram atenção e trabalho árduo do segmento em nosso país.

Apesar do constante sucesso deste setor, os desafios também tornam-se parte do dia a dia empresarial, contribuindo com o encarecimento dos produtos e serviços e, consequentemente, com o comprometimento dos níveis de consumo.

Estes obstáculos são comumente conhecidos como gargalos logísticos e devem ser solucionados, a fim de garantir a redução de possíveis riscos e diminuições da receita do segmento.

O conteúdo de hoje tem o intuito de compartilhar os maiores gargalos existentes na logística brasileira, além de apresentar diversas maneiras capazes de solucioná-los.

Confira!

O que é um gargalo logístico?

Conhecido como qualquer obstáculo capaz de influenciar os processos e resultados de uma empresa, o gargalo é uma falha que pode ser responsável pelo aumento de custos e diminuição da capacidade produtiva da organização.

Os gargalos logísticos caracterizam-se, normalmente, por situações capazes de atrasar o fluxo de transporte de cargas e produtos, comprometendo negativamente a rotina da empresa e levando a resultados ineficientes.

Quais são os maiores gargalos da logística brasileira?

Dentre os gargalos logísticos existentes, selecionamos os principais para exemplificar como se dá o desenvolvimento desses desafios e obstáculos em território nacional.

– Transporte de cargas: o transporte de cargas pode ser considerado como um dos maiores gargalos existentes no setor logístico brasileiro. Os altos custos e a precariedade das estradas nacionais representam um risco considerável para o segmento, além dos perigos existentes relacionados à possibilidade de roubo e furto nas rodovias.

– Elevação dos custos operacionais: os custos com transporte, armazenamento das cargas, logística para carregamento, descarregamento e seguros representam uma grande porcentagem dos custos operacionais, que podem ultrapassar o ideal planejado e comprometer toda a precificação do serviço e ter impacto em toda a cadeia de suprimentos.

– Instabilidade dos níveis de estoque: o gerenciamento incorreto do estoque de produtos pode contribuir com faltas e excessos, capazes de prejudicar consideravelmente o atendimento de pedidos ou colaborar com a possibilidade de perdas, aumentando custos e o índice de desperdício.

– Mão de obra qualificada: a falta de disponibilidade de mão de obra qualificada é também um dos principais gargalos logísticos de nosso país. Apesar da oferta de diversas especializações, a carência de profissionais que saibam atuar no processo de gestão logística ainda é alta.

– Falta de comunicação entre parceiros de negócio: a ausência de uma comunicação fluida e eficiente entre os parceiros de mercado pode prejudicar a tomada de decisão e todos os processos da empresa, já que a troca de informações no mundo atual é extremamente importante para a constante atualização de quaisquer conhecimentos necessários.

– Falta de inovação e tecnologia: uma grande aliada a otimização de processos manuais é a tecnologia. Sendo a logística um setor mais analógico, algumas etapas na operação podem ser mais onerosas devido a isso, então, um olhar para a tecnologia pode ser benéfico para diminuir prazos e custos, além de visibilidade efetiva da área.

Como solucionar os gargalos logísticos?

Agora que você já conhece os maiores gargalos na logística do Brasil, é importante que compartilhemos meios de solucioná-los, a fim de neutralizar ou diminuir todos os riscos causados pela ocorrência desses inúmeros desafios.

Vamos lá?

– Logística Lean

Este conceito logístico tem o intuito de realizar a análise de todos os processos existentes e identificar possíveis desperdícios, como por exemplo o desperdício de tempo, de materiais, de máquinas, de mão de obra, de equipamentos, entre outros.

Dessa forma, é possível atuar na redução dos custos empresariais, além de contribuir com o aumento da qualidade, eficiência e agilidade dos processos logísticos.

– Contratação de boas transportadoras

Contratar uma boa e especializada transportadora é essencial para solucionar grande parte dos problemas existentes na logística brasileira.

Poder contar com os serviços de profissionais qualificados, contribui com a redução de custos operacionais, garante que os prazos de entrega sejam cumpridos e que haja sempre veículos disponíveis para a realização dos serviços necessários.

– Treinamento para os colaboradores

Investir na capacitação e desenvolvimento dos colaboradores, proporciona a melhora dos níveis de produtividade, além de aumentar o engajamento e motivação dos profissionais.

Trabalhar com colaboradores que se sentem valorizados é um grande diferencial.

– Investimento em tecnologia

Considerando o cenário atual e a previsão para os próximos anos e décadas, é impossível não falarmos sobre tecnologia.

Investir em soluções tecnológicas deixou de ser apenas um diferencial, pois tornou-se uma necessidade capaz de auxiliar em diversos processos do cotidiano de toda a população mundial.

A tecnologia também é parte essencial da possibilidade de resolução dos gargalos logísticos, já que é capaz de automatizar operações, auxiliar na redução de custos e diminuir a ocorrência de erros.

Gostou do post de hoje? Então, continue acompanhando nosso blog, siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de mais conteúdos como este.

Entre em contato conosco 📞 (35) 3421-4657 ou 📲 (35) 99903-4786 e conheça nossas soluções em logística.

Compartilhe

Deixe um comentário