ESG na logística: como aplicar?

O conceito de ESG está bastante em alta no mercado, principalmente no segmento da indústria. Aplicando-o no dia a dia da sua empresa, você não precisa mais escolher entre obter lucros e cuidar do meio ambiente. É possível fazer as duas coisas ao mesmo tempo.

Conforme alguns estudos apresentados sobre o assunto, empresas comandadas por líderes preocupados com questões ambientais, sociais e práticas têm uma maior tendência a dar certo.

Inclusive, uma pesquisa realizada pela Consultoria Nielsen em 60 países diferentes, mostrou que 66% dos consumidores estão dispostos a pagar mais por produtos e/ou serviços de empresas que estejam comprometidas com questões ambientais e sociais.

Ao longo deste conteúdo, vamos entender melhor o conceito ESG e como os três pilares podem ser aplicados no dia a dia dos processos logísticos. Boa leitura!

ESG: o que esta sigla significa?

ESG é uma sigla que representa três áreas importantes para a sustentabilidade e responsabilidade social das empresas:

  • Environmental (Ambiental);
  • Social (Social);
  • Governance (Governança).
 

Essas três áreas dizem respeito a práticas ambientais, como a redução de emissões de carbono e resíduos; práticas sociais, incluindo a responsabilidade com a comunidade e a diversidade dentro da empresa; e governança corporativa, como a transparência na gestão e a integridade ética dos negócios.

O conceito ESG é amplamente utilizado no meio corporativo e de investimentos, como uma forma de avaliar a sustentabilidade e a responsabilidade social de uma empresa.

A partir dos critérios ESG, os investidores conseguem analisar as empresas mais alinhadas e, assim, tomar melhores decisões.

Por que o conceito ESG é tão importante para os segmentos da indústria?

O conceito ESG é muito importante para a indústria por diversos motivos. Além de atender às demandas crescentes da sociedade por práticas mais sustentáveis e socialmente responsáveis, adotar critérios ESG pode trazer:

  • Redução de custos e riscos operacionais;
  • Melhoria na imagem da empresa perante os consumidores e investidores;
  • Garantia de sobrevivência a longo prazo.
 

Investidores e consumidores cada vez mais valorizam empresas com boas práticas ambientais, sociais e de governança, o que pode refletir em um maior retorno financeiro e sucesso dos negócios.

Portanto, o ESG é muito importante para a indústria, pois representa uma oportunidade de criar uma cultura empresarial mais sustentável e responsável, ao mesmo tempo em que se traduz em benefícios financeiros e de reputação.

Como aplicar o conceito ESG no dia a dia dos processos logísticos?

Para aplicar o conceito ESG no dia a dia dos processos logísticos, é necessário incorporar práticas ambientais, sociais e de governança em todas as etapas da cadeia de suprimentos.

Isso pode ser feito por meio de diversos métodos, como:

  • Otimização das rotas de entrega para reduzir as emissões de carbono;
  • Adoção de embalagens ecológicas e redução de resíduos;
  • Responsabilidade social com a comunidade;
  • Diversidade dentro da empresa;
  • Transparência na gestão financeira e ética dos negócios.
 

Além disso, é importante ter em mente que a aplicação do ESG não é um processo pontual, mas uma mudança cultural que deve ser incorporada à filosofia da empresa e ser desenvolvida ao longo do tempo.

Dessa forma, é possível criar uma cultura empresarial mais sustentável e responsável, que se traduz em benefícios financeiros e reputacionais a longo prazo.

Entre em contato conosco 📞 (35) 3421-4657 ou 📲 (35) 9 9819-9092 e conheça nossas soluções em logística.

Gostou do post de hoje? Então, continue acompanhando nosso blog, siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de mais conteúdos como este.

Compartilhe

Deixe um comentário