Quando o FIFO é indicado?

Pretende organizar melhor o seu estoque, mas não sabe por onde começar? Conheça o FIFO e saiba quanto este método de organização é indicado para o seu armazém!

Para manter o seu estoque organizado, é preciso contar com algumas técnicas importantes que priorizam o planejamento de entradas e saídas de mercadorias. É neste momento que surgem as principais técnicas: FEFO, FIFO e LIFO. Porém, cada uma delas tem o seu foco específico, e hoje exploraremos a segunda técnica, o “First In, First Out”.

O que é FIFO (ou PEPS)?

O FIFO nada mais é do que uma sigla que vem do inglês e significa “First In, First Out”, ou seja, em português podemos traduzir para “Primeiro a Entrar, Primeiro a Sair” — e por isso surge outra sigla que é o PEPS.

Mas o que isso significa na prática? O PEPS é um método de organização de estoque que, assim como o nome nos revela, tem como objetivo organizar as mercadorias que estão armazenadas há mais tempo de modo que elas sejam comercializadas com prioridade.

Dessa maneira, este sistema tem como foco manter a ordem e a rotatividade dos produtos de uma empresa em que o primeiro que entrou no armazém será o próximo a sair. Isso parece interessante para o seu negócio? Saiba que, antes de investir nessa modalidade, você precisa entender quando isso é indicado.

De modo geral, o método FIFO (ou PEPS) é usado por empresas que lidam com produtos perecíveis, isto é, produtos com prazo de validade menor e com água em sua composição. Logo, ele é indicado para os estabelecimentos que vendem itens alimentícios de vencimento a curto prazo, sendo uma maneira inteligente de reduzir as perdas da má gestão de estoque.

Principais vantagens de utilizar o método FIFO na sua empresa

É possível contar com diversos benefícios ao utilizar o método FIFO na empresa. Conheça algumas dessas vantagens e organize o seu estoque o mais breve possível!

Aumentar a sua lucratividade

Com o método FIFO (ou PEPS), você reduz drasticamente o seu desperdício e as chances de quebra dos itens. Isso, claro, diminui a necessidade de compra de produtos e matéria-prima para produção, além de melhorar o fluxo de vendas e o faturamento.

Prazos de entrega competitivos

Com o mercado cada vez mais competitivo, é preciso manter o seu destaque, e por isso se torna fundamental garantir a qualidade dos produtos. No entanto, mais que isso, você deve manter o tempo de entrega de acordo com o que foi previsto. O FIFO garante que o que vai entrar primeiro, será o primeiro a sair, organizando tanto a entrada como a saída (expedição) de produtos.

Agilidade nos processos

Com o FIFO, você tem noção sobre a prioridade dos itens que devem ser comercializados e isso facilita bastante o dia a dia do seu armazém. Vai ser bem mais prático não precisar conferir as datas quando um pedido novo chegar na empresa. Portanto, a agilidade e o planejamento são algumas das vantagens deste método.

Menor taxa de desperdício das mercadorias

Ao optar pelo FIFO, você ainda conta com a garantia de que o cliente vai receber um produto em excelente estado de conservação e a empresa vai distribuir os itens dentro da data de validade. Essa é uma forma de evitar o desperdício. Portanto, uma dica interessante é fazer um inventário e registrar as datas adequadas no sistema.

Padronização dos processos

Ao implementar o FIFO na sua empresa, você deve comunicar todos os envolvidos da equipe para que eles conheçam as novas regras. Com isso, você pode criar um padrão a fim de manter a uniformidade dos processos.

Qual o cenário mais indicado para o FIFO?

Pensando de forma prática, o FIFO é mais indicado para os produtos que têm uma validade “arriscada”, isto é, aqueles itens que não podem ficar muito tempo no estoque – caso contrário, isso vai afetar a sua qualidade.

Digamos que você administre um supermercado e, seguindo o pedido regular das mercadorias, recebe uma remessa de laticínios, mas alguns dias depois, chega uma nova encomenda parecida com a primeira. Nessa situação, para saber qual será o lote vendido primeiro, o método FIFO vai te ajudar, pois você vai organizar o armazém colocando a mercadoria antiga na frente para ser comercializada.

Logo, antes de usar este sistema, saiba que a organização do estoque pode ser automatizada por software, uma vez que o FIFO faz o reconhecimento da data de entrada das mercadorias e ajusta a ordem no momento da expedição. Assim, fica a encargo da sua equipe somente ir até o local indicado pelo sistema e coletar os itens que devem ser vendidos com prioridade.

Entretanto, um detalhe importante que você não deve se esquecer e deve tomar cuidado é com o processo de controle de estoque que vai ser criado para a sua empresa. Conforme o layout e a estrutura do local, alguns produtos podem cobrir outros e, isso vai dificultar a visão. Portanto, fique atento à localização dos itens.

De maneira geral, é dessa forma que funciona o FIFO e ele é mais apropriado para situações específicas, como produtos que devem ter cuidado com a data de validade.

Entre em contato conosco 📞 (35) 3421-4657 ou 📲 (35) 9 9819-9092 e conheça nossas soluções em logística.

Gostou do post de hoje? Então, continue acompanhando nosso blog, siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de mais conteúdos como este.

Compartilhe

Deixe um comentário